expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>>>'>

10.4.13

Historias no Blog


CONTE A SUA 

Bem, vou inaugurar esta sessão de casos AQUI.

Lembro-me de um caso em um motel que passei,foi a minha 1º experiencia neste ramo da hotelaria, na verdade a empresa é registrada assim;Hotel JD America, mas é claro que é um motel,a estrutura é de um motel foi planejada para tal,apenas o nome que é que não condiz com o tipo de  estabelecimento, que é o que vemos há muitos anos, todos sabemos que cada hotel de "esquina",obvio é Motel.

Pois bem, já estava certo tempo nesta empresa, um dia um casal adentrou ao motel para satisfazer suas necessidades biológicas ( sexo) pois bem, fizeram o que tinha que fazer e na hora da saída pagaram o valor devido pelo aluguel do quarto e os" comes e bebes e foram-se."
Entrei no quarto para realizar com as minhas obrigações e; como é de praxe limpei, arrumei, deixei o quarto tinindo para outros hospedes(clientes), 

Quanto ao cliente? este retornou e dizendo que o celular estaria no quarto e fui revirar o quarto inteiro e tirei a cama do lugar baguncei o quarto que estava limpo e arrumado e nada de celular,voltando à recepção o cliente me acusou de ter ficado com o celular dele; 

advinha o que aconteceu? dei um gritinho de tanta revolta pela acusação e naturalmente a patroa ouviu através de  microfones e câmeras instalados no motel. 

Moral da historia; sabe onde estava o celular do cliente? tcham tcham tcham! com a mulher que ele fez o programa!

Então pessoal, nós profissionais temos o nosso lado humano! e o hospede pode nos acusar em certos estabelecimentos e parece que não temos como nos  defender de certas acusações!?

Moral da historia,pedi desculpas de araque é claro para a patroa, mas não adiantou fui mandada embora,mas não por este motivo, mas porque a patroa queria me tirar das minhas funções para ficar com ela "para lá e para cá" , ou seja ir ao mercado com ela, ficar na casa dela, cuidar do neto dela enfim ser acompanhante, disse que não queria,daí não deu outra, percebi que ela não gostou, por ela ter problemas sérios de saúde e precisava de alguém para ficar com ela e eu não gosto de me sentir presa a nada e a ninguém para esta função é que existem pessoas capacitadas..

E algumas colegas já fizeram este trabalho com ela e ela não pagava um centavo a mais para este trabalho e o registro continuava o mesmo ou seja profissional de camareira mas exercendo outras funções.

Nao gostei...mas a patroa foi uma pessoa justa e pagou todos os meus direitos trabalhistas! é mole?

Há casos que vi de, a governanta ser chamada de palavras de baixo escalão,por hospedes!....continuarei em outra postagem!

VEJA TAMBÉM: Link Hòspedes procurando seus objetos














visitantes

Google+ Followers

Seguidores